Compare e confira as parcelas para cada modalidade de compra

COMPARATIVO

Selecione o Produto e Informe o Valor do Crédito desejado.

Crédito e taxa de juros elevada

O Banco Central reajustou nos últimos dias, os juros básicos da economia.

A compra da casa própria tem sido um dos objetivos familiares mais desejados. Para que esse sonho se torne real é preciso avaliar com cuidado todas as modalidades de compra, além das vantagens e desvantagens que oferecem, ainda mais quando o assunto são as altas taxas de juros.

O Banco Central reajustou nos últimos dias, os juros básicos da economia. Ao avaliar o cenário macroeconômico e as perspectivas para a inflação, o Copom decidiu, por unanimidade, elevar a taxa Selic em 0,50 p.p., para 13,75% a.a., sem viés. Devido ao reajuste, a Selic retorna ao mesmo nível de janeiro de 2009.

Embora ajude no controle dos preços, o aumento da taxa Selic prejudica a economia, que atravessa um ano de recessão, com queda na produção e no consumo. De acordo com o boletim Focus, analistas econômicos projetam contração de 1,27% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos pelo país) em 2015.

O Banco Central é capaz de conter o excesso de demanda que pressiona os preços. Assim, com juros mais elevados, o crédito encarece e estimula a poupança. Por isso, antes de optar por alguma modalidade de compra, compare as opções do mercado e confira as melhores vantagens!

Publicado em:   | Fonte: / Assessoria de Imprensa / Época Negócios