Compare e confira as parcelas para cada modalidade de compra

COMPARATIVO

Selecione o Produto e Informe o Valor do Crédito desejado.

Financiamento imobiliário pelo Banco do Brasil

O programa prevê que tanto um imóvel novo, como um usado, seja adquirido no prazo de até 30 anos para pagar.

O Banco do Brasil liberou novas condições de financiamento imobiliário Pró-Cotista com base no Conselho Curador do FGTS. Estima-se que após esta iniciativa, a instituição financeira possa disponibilizar aproximadamente R$ 1 bilhão para novas operações.

A mudança reflete na linha de financiamento que utiliza os benefícios do Programa Especial de Crédito Habitacional ao Cotista do FGTS. Diante das condições, o programa prevê que tanto um imóvel novo, como um usado, seja adquirido no prazo de até 30 anos para pagar.

Dentro desta linha, o Banco do Brasil identificou 2,2 milhões de clientes que têm condições para entrar neste tipo de financiamento. Para aderí-lo, é necessário ter conta ativa do FGTS e no mínimo 36 contribuições pagas, consecutivas ou não. Para o consumidor sem conta ativa, o saldo total no FGTS precisa ser igual ou superior a 10% do valor do imóvel ou de compra e venda. A linha de crédito chega a cobrar 9% de juros ao ano e financia até 90% dos imóveis avaliados em até R$ 400 mil.

Mesmo que pelos constantes recursos disponíveis, é preciso ficar atento para não negociar com qualquer instituição. É preciso estar ciente que as parcelas deverão existir por um longo prazo e a disponibilidade para este investimento deve ser constante.

Para auxiliar na escolha de uma modalidade de compra acessível, comparar as opções é uma forma consciente de fazer o melhor negócio. Saiba mais!

Publicado em:   | Fonte: / Assessoria de Imprensa / EBC / fOTO: Photl.com